Ttulo da obra:
Penh livro de Pradinho e gua Boa
Autoria:
Povo Maxakali
Escreveram, traduziram, ilustraram e transcriaram:
Rafael Maxakali, Pinheiro Maxakali, Izael Maxakali, Gilmar Maxakali, Joo BidMaxakali, Joviel Maxakali, Lcio Maxakali e Sandro Campos, Charles Bicalho e IzabelaD'Uro.
Organizao:
Rafael Maxakali, Izabela D'Uro e Charles Bicalho
Produo editorial:
Edies Cip Voador
Coordenao:
Maria Ins de Almeida
Editorao e arte-final:
Morena Tomich
Apoio:
CNPq, PIEI-MG/SEE-MG
Responsveis pela publicao:
Ministrio da Educao/MEC
Secretaria de Educao Continuada, Alfabetizao e Diversidade/SECAD
Universidade Federal de Minas Gerais/UFMG
Faculdade de Letras/FALE
Ncleo de Pesquisas Transdisciplinares Literaterras:
escrita, leitura, tradues
Local, editora e data de publicao:
Belo Horizonte: FALE / UFMG: CGEEI / SECAD / MEC, 2005.
Descritivo:
"Nuhu tappet kiy tute mnyxop yg, hm xom 'ax 'agtux xi y mnyxop te 'mhiy'ax gtux. Tu te yumu mnyxop yg hm 'gtux yumug 'okng pay tu te yumu xuktukama xi yumu 'ukoxuk mug kama 'ukoxuk mnyxop te 'mhiy. H pen nuy ? kaxiynuhu. Ya xuktux mun 'pak, pa penh nm h. Y mai nuhu yumug xohi, pu 'umai x'ng yumu '

Este livro conta histrias que aconteceram com os antepassados e o que aconteceu antigamente. Ns no sabemos as histrias dos antepassados, mas elescontam pra ns e mostram os desenhos. Os desenhos mostram o que aconteceu e agente v e diz: Ah! Foi assim! Agora eu vi. Assim bom pra todos ns sabermos o queaconteceu. muito bom pra ns!" (Os Autores)

"Eis mais uma publicao Maxakali. Mais um livro de histrias da tradio deste povoque habita o Vale do Mucuri atualmente, e, desde tempos imemoriais, a regio que compreende, alm do nordeste de Minas Gerais, o sul da Bahia e o norte do EspritoSanto. Contadas e recontadas, recriadas, e assim preservadas, tradicionalmente na oralidade, de gerao a gerao, tais narrativas so a expresso literria de uma culturamilenar. gtux (fala-se "gti") o termo em lngua Maxakali que designa tanto o verbo
"contar", "narrar", quanto o substantivo "histria", ou "estria" em nossa lngua oacontecimento e o produto da "narrativa". Penh (fala-se "penrr") "ver" emMaxakali. E o fato de Rafael ter nomeado o livro assim signifi cativo. Denota a nfaseque os Maxakali do s imagens. Rafael escreve, em sua apresentao s histrias, queos antepassados "contam pra ns e mostram os desenhos. Os desenhos mostram o queaconteceu e a gente v e diz: Ah! Foi assim! Agora eu vi..." E tambm ouviu. Palavra e imagem se completam, como em ritual, na funo de presentificar o passado mtico"(Charles Bicalho).